terça-feira, 14 de abril de 2009

O QUE LEVA ALGUÉM A SER REJEITADO POR DEUS - I SAMUEL 15.8-23


INTRODUÇÃO:
Amados irmãos em Cristo e amigos aqui presentes, a passagem que acabamos de lê conta-nos a um relado da história de um homem designado por Deus para governar o seu povo, Israel. Dentre muitos, Saul foi constituído Rei sobre seu povo e para que seu reino prosperasse e ele triunfasse em todas as batalhas era-lhe necessário cumprir com alguns desígnios estabelecidos por Deus.

A não observância das Leis de Deus poderia resultar num trágico declínio do reino como conseqüência da ignorância em relação às ordens divinas. Neste caso do capitulo 15 de I Samuel não é diferente, o Senhor de Israel usa seu servo profeta Samuel para se dirigir a Saul e dar-lhes algumas ordenanças para que este fosse à guerra contra os amalequitas pois Deus os entregara em suas mãos.
Podemos observar de imediato que, antes das ordens, o Senhor por meio de Samuel lembra-o que ele fora ungido rei em Israel com a permissão divina e para que ele fosse bem sucedido sobre Amaleque, uma coisa era necessária, não somente os fortes homens experientes na guerra, não somente as fortes guarnições de Israel com seus armamentos e o simples fato de Deus estar com eles que os faria vencer os amalequitas com tamanha facilidade.
Para que isso se tornasse uma realidade mais uma prova de que Deus peleja por seu povo, era necessária apenas uma única coisa; “atentar para as Suas palavras...” v.2.
Agindo assim, Saul e todo o povo de Israel sairiam vencedores contra Amaleque e glorificaria a Deus com mais uma vitória, porém, Saul cometeu alguns erros, e graves que mudaram completamente os planos de Deus a seu respeito, erros que o fizeram ser rejeitado por Deus em vez de continuar sendo usado para conduzir a nação judaica com equidade.
Todos nós temos desafios a serem enfrentados, lutas e guerras a serem vencidas, estamos certos de que Deus é quem nos chamou e nos escolheu e certamente peleja por nós, porém, para que possamos vencer as dificuldades da vida, necessário se faz aprendermos um pouco com os erros de Saul, para que não caiamos no mesmo desprezo e rejeição que ele sofreu de Deus.
E nesta oportunidade quero eu meditar contigo sobre as conseqüências que podemos sofrer quando fazemos o que nos é determinado por Deus, com a graça de Deus quero refletir um pouco contigo sobre O QUE LEVA ALGUÉM A SER REJEITADO POR DEUS...
1. A DESOBEDIÊNCIA – v.8,9
“Tomou vivo...pouparam a Agague...e o melhor das ovelhas e dos bois, e os animais gordos...e o melhor que havia não os quiseram destruir totalmente”.
Saul tinha em mãos as oportunidades e as vantagens suficientes para executar o que Deus lhe determinara, infelizmente ao lermos estes versículos percebemos que ele desobedeceu em tudo à palavra do Senhor, pois vemos no versículo dois a exatidão e a clareza da ordem de Deus, ‘vai e destrói completamente. Esse completamente era sem restrição de pessoas ou animais, tanto crianças de colo como velhos, tanto animais bonitos ou mal tratados.
Não importava o prejuízo nem tampouco o a quantidade de sanguie que haveria de ser derramado, Saul como rei, mesmo que o povo fosse movido por um sentimento de pena, ele Saul tinha total autonomia e controle sobre seu povo, seus súditos deveriam a qualquer custo serem leais a ele.
Saul tentou ainda justificar sua atitude uma vez que tinha sob seu domínio o rei Agague e todos os amalequitas mortos pélas mãos de Israel, porém não o que questionar, o Senhor ao dar sua ordem não hesitou em incluir todos, exatamente todos no seu plano de vingança devido ao fato de terem feito o mal a Israel. Não era o bastante prender o seu maioral e tomar posse4 de seus bens, o texto nos deixa claro que o importante é obedecer (v.22) custe o que custar, doa em quem doer, se Deus manda é responsabilidade nossa, como frágeis e limitados seres humanos que somos, obedecer a sua palavra na sua totalidade e não de forma parcial.
Amados é dever nosso obedecer a voz do Senhor, não importam as circunstancias do momento, não importa se o que deves fazer vai te fazer abrir mão do que te agrada e satisfaz a tua alma, não importa se a tua fidelidade a Deus vai custar momentos extremamente difíceis e aparentemente impossíveis de serem superados. Deus é contigo e ele se responsabiliza pelo que ele faz.
Talvez tu não queiras se submeter a vontade do senhor por que te fará perder algum prestígio ou posição social. Não caia no mesmo erro de Saul, que não obedeceu ao Senhor porque era movido pelos bens da terra, perceba que eles preservaram ”o melhor das ovelhas e dos bois, e os animais gordos...e o melhor que havia”, tal atitude custou caro a Saul, o mesmo Deus que escolhera para ser rei em Israel era o mesmo Deus que agora, por sua desobediência estava prestes a tirá-lo de sua posição real.
Deus quer te abençoar e te fazer vitorioso em ser promovido no trabalho, em ver teu lar salvo, em prosperar na vida, porém faço-te uma pergunta, estás a obedecer a Deus completamente? Não basta apenas ser dizimista e viver uma vida contrária a palavra de Deus, nem freqüentar todos os cultos e lá fora viver uma vida de iniqüidade. Deus te escolheu e te promete vitórias assim como fez a Saul, porém uma ordem te é dada, atenta para a palavra do Senhor, e se a obedeceres certam,ente o Senhor se agradará de ti e te fará prosperar na terra dos viventes.

2. A MENTIRA – v.13,20
“executei as palavras do SENHOR...dei ouvidos à voz do SENHOR e segui o caminho pelo qual o SENHOR me enviou”.

Não bastasse desobedecer a palavra de Deus, Saul ainda tentou convencer o servo de deus Samuel quando este foi ter com ele. Julgava por ter em suas mãos o rei Agague, ter executado as palavras do Senhor.

Samuel como mensageiro do Senhor sabia de como tinha sido a ordem divina, que era exterminar totalmente o que encontrasse de Amaleque, porém ao ouvir o balido dos animais trazidos pelos israelitas, pergunta a Saul o que era aquilo. Pelo que Saul tentando justificar sua desobediência joga a responsabilidade sobre o povo que pouparam os animais para oferecerem a Deus. Samuel volta falar com Deus para saber deste o que teria a dizer com relação a atitude errada de Saul. Quando volta, vem com a mesma ênfase da ordem no versículo três, e no versículo 18 lança a Saul a ordem de destruir totalmente os amalequitas sem deixar sequer um animal, e quando este lhe pergunta porque não atentou às palavras de Deus, Saul imediatamente responde tentando se safar do erro cometido, “pelo contrário dei ouvidos à voz do SENHOR e segui o caminho pelo qual o SENHOR me enviou”.

Acredito ao ler esta passagem, que Deus talvez tenha dado uma oportunidade para que Saul se arrependesse da sua desobediência e buscasse o perdão divino, porém não bastasse lançar a culpa sobre o povo de ter trazido os animais, conscientemente mente ao profeta, insistindo que executou às palavras de Deus e a ordem que ele determinara. Certamente, por ter sido escolhido pelo Deus de Israel para liderar sobre seu povo, ao se arrepender do seu erro creio piamente que Deus dos altos céus perdoaria a sua falha e lhe daria uma outra chance, caso contrário, o que teria motivado o Senhor permitir a Samuel perguntar por duas duas vezes oq eu Saul fizera, sendo um Deus onisciente sabia do que se passava, porém por ser um Deus misericordioso permitiu a Saul se desfazer de sua ganância e agir com sinceridade para com Deus.

Então, como tu tens agido para com as perguntas feitas de Deus a você, porventura não estás tentando fugir dos teus erros e cometendo outros por omitir a verdade? Deus se agrada de uma coração sincero que reconheça sua miserabilidade, ele sabe que somos limitados porém nos permite voltarmos a Ele e encontrarmos o perdão das nossas falhas. Já parastes para pensar no que te impede de progredir na vida? No que te faz não sentir a presença de Deus, e não ouvir a sua voz, em sentir-se abandonado pelo Senhor?

Acredite, estar diante de te a oportunidade de te arrependeres dos teus pecados e buscar o perdão de Deus. Caso contrário um Deus puro e santo jamais aceitará um coração manchado pelo pecado assim como o de Saul pela mentira. Assim como Samuel indagou a Saul a respeito do que estava acontecendo, Deus te questiona hoje, será se não há algo em tua vida que te impede de ver a verdadeira felicidade? Encare a verdade, obedeça a voz do Senhor, não tente justificar os teus erros pois isso só te levará a ser rejeitado por Deus. Ele quer te ajudar, te dar benção, tão somente seja sincero de Coração e aproveita a oportunidade que tens a tua frente de obter uma chance pelo perdão divino.

3. DESCONHECER A DEUS – v.15,21
“...para oferecer ao SENHOR teu Deus...para oferecer ao SENHOR, teu Deus”.

Ao lermos com mais atenção o texto em estudo, vamos perceber um terceiro e grave erro cometido por Saul que o levou a ser rejeitado por Deus. Perceba que Deus o constituiu rei de Israel (v.17), lhe dera ordens para exterminar tudo dos amalequitas pois Ele já havia determinado a destruição (v.2), dera uma oportunidade de reconhecer seu erro em desobedecer suas palavras, esperando uma atitude louvável por parte de Saul para podê-lo usar como rei do Seu povo, porém, Saul age com indiferença para com o Deus que o levou ao trono, rejeitou sua dependência dEle.

Os versículos acima expressam com precisão tal rejeição de Saul à Deus, isso é percebido pela expressão o SENHOR teu Deus, que ocorre por duas vezes nesse texto. Saul como rei em Israel, a nação santa de Deus eleita e constituída por Ele, mais do que ninguém, pela posição que ocupava deveria saber e reconhecer que todo o seu poder sobre a nação dependia inteira e exclusivamente de Deus. Em saber disso deveria usar a expressão o SENHOR nosso Deus.

Essa atitude de Saul foi o “fim da picada” e o limite estabelecido por Deus para que ele reconhecesse que errou aos olhos do Senhor, de fato Deus não poderia agir de outra forma a não ser rejeitar aquele que lhe desobedeceu e o rejeitou (v.23).

Amados, certamente já ouvistes um ditado popular que diz; “o errar é humano o problema é permanecer no erro”. Saul desobedeceu, Deus envia Sam,UEL para indagar-lhe sobre o que fizera, Saul mente uma vez, deus permite Samuel questionar um pouco mais para que ele aceitasse o fato de ter errado, o que ele faz? Rejeita ao Senhor!. Qual seria a tua atitude se tu investisses num funcionário e no futuro ele virasse as costas pra você, se criares teus filhos na boa educação dando do bom e do melhor e quando grande, desapontar-te se envolvendo no mundo? Certamente teu coração até permitiria dar uma outra ou mais chances, porém tudo tem limite.

Assim é Deus para conosco, como estamos agindo diante do que Deus nos mandara fazer? Estamos abusando de sua graça julgando ser ele um Deus amoroso e que no final vai dar tudo bem? Não! Guarde o que te falo agora; “a misericórdia de Deus é infinita, mas tem limite!”.

Assim como Deus usou Samuel para falar com Saul, nesta oportunidade te é permitido ouvir a voz de deus por meio da sua palavra, qual tua atitude? Tu precisas vencer, então mais do que nunca dependa de Deus e não vire as costas para Ele, pois sem ele nada podes fazer. Deus quer te exaltar sim, mas para isso deves tu abraçá-lo confiantemente e com sinceridade, caso contrário, não conseguirás te livrar dos teus erros nem de suas conseqüências, e infelizmente teu fim não será outro senão, ser rejeitado assim como Saul.

CONCLUSÃO:
Queridos irmãos não posso concluir esta mensagem sem te convidar a fazer um alto exame para respondas a pergunta que foi feita a Saul; porque não atentas para a voz do Senhor teu Deus? Já parou para pensar no que te faz viver assim, sem paz nem tranqüilidade? Deus quer te dar tudo isso e muito mais, porém precisas atendê-lo de forma completa e não apenas parcialmente.

Quanto a você meu amado amigo que nesta oportunidade nos visita, precisas reconhecer teus erros e não permanecê-los neles, assim como deus designou Saul a mais alta posição no reino Ele quer te elevar a posição de se tornar Filho de Deus se hoje aceitares a sua voz. Não queiras ser rejeitado assim como Saul, hoje tu ouvistes a palavra pregado, tão somente deves OBEDECÊ-LA, vivendo em SINCERIDADE por meio da VERDADE e abraçar o senhor NOSSO DEUS.

Concluo esta mensagem deixando claro à luz do próprio texto, que Deus não se agrada de sacrifícios sem total obediência, verdade e aceitação a Ele. Ele se agrada em que se obedeça a sua palavra que é o meio pelo qual chegaremos ao pleno conhecimento dele e em vez de sermos rejeitados por Ele, seremos salvos dos males e conseqüências do pecado.
Seminarista Járber SOUSA
São Paulo, 14 de Abril de 2009

Nenhum comentário:

Postar um comentário